sexta-feira, 20 de maio de 2011

MEUS QUERERES...



Eu queria tanto poder fechar os olhos e sonhar...
Eu queria tanto neste mundo secreto, apenas te olhar...
Eu queria sofrer, correr, viver, me entristecer, menos chorar.
Eu podia fechar os olhos e a realidade enganar.
Mas...não adiantaria, pois só me faria pensar.
Eu queria paz, alegria, um momento...
Eu queria otimismo, surpresa, um pensamento.
Eu queria até mesmo fugir, desistir,
mas nunca deixar de sorrir.
Será que eu queria algo mais?
Talvez tudo isso já fosse demais.
Acho que a natureza é o mundo...
Mesmo que triste e profundo.
Acho que o sonho é o nada...
Numa noite quieta e calada.
Eu queria de tudo um pouco:
Das pessoas - a confiança;
Da natureza - a esperança;
E dos sonhos - a lembrança.
Eu queria do pouco o tudo:
Da vida - o otimismo;
Da alegria - um sorriso;
Da paz - a harmonia;
Da poesia - a fantasia.
O mundo é tão cheio de dor...
Resumindo tudo:
Eu queria apenas o amor!

Autor: P.P.P. Lima

quarta-feira, 18 de maio de 2011

O SILÊNCIO...


O silêncio é uma lâmina
afiadíssima
que vai cortando lascas
pacientemente
do coração da gente.

E apesar de tudo
de ser silêncio
ele é um grito sufocante
aterrorizante
na alma da gente.

Sempre o desejamos
ardentemente
sem esperar, no entanto
displicente
que ele atenda a gente.

O silêncio é na verdade
misterioso
contém muitas histórias
doloridas
sobre a vida da gente.

Estou nesse momento
nos braços do silêncio
agarro-me a ele
com medo de cair
de repente...

Porque apesar de triste
é companheiro
Ele faz parte da gente...

Autor: Terê Penhabe

segunda-feira, 16 de maio de 2011

BRILHO PERDIDO...


Como tudo passou sem querer...
E foi quase sem a gente perceber.
Você nem teve tempo pra me amar
e eu nem tive tempo pra ficar...
E assim, sem se notar,
tudo foi esvaindo-se pelo ar...
E as coisas que tínhamos pra falar
ficaram travadas no meu ser,
ficaram ocultadas em você...
Mas não tem nada,
perdoe o meu coração
(ele não soube lhe entender);
que eu perdôo o seu coração
(ele não soube me querer).

Isso, às vezes, acontece
e logo tudo se esquece...
Logo, tudo vai findar,
e o que tínhamos pra falar,
sei que nem iremos mais lembrar...
Por isso, não vamos procurar
motivos para explicar
tudo que, enfim, aconteceu...
Pois isso é muito natural;
e a todo instante
há um caso igual;
tal qual
Você e Eu!

Autor: Rubenio Marcelo

quarta-feira, 11 de maio de 2011

DIFÍCIL?



É difícil perdoar?
Mas quem disse que é fácil se arrepender?
Se você sente algo, diga...
É difícil se abrir?
Mas quem disse que é fácil encontrar
alguém que queira escutar?
Se alguém reclama de você, ouça...
É difícil ouvir certas coisas?
Mas quem disse que é fácil ouvir você?
Se alguém te ama, ame-o...
É difícil entregar-se?
Mas quem disse que é fácil ser feliz?
Nem tudo é fácil na vida...Mas, com certeza, nada é impossível
Precisamos acreditar, ter fé e lutar
para que não apenas sonhemos,
Mas também tornemos todos esses desejos, realidade!!!

Clarice Lispector

terça-feira, 10 de maio de 2011

AMORES ETERNOS...




Eu acredito em amores eternos, daqueles que acompanham a gente pela vida inteira, como se tempo e amor se fundissem num só elemento, tornando-se imutáveis, indestrutíveis.

Eu acredito em amores eternos, daqueles que vão com você para qualquer lugar, não importando o quão distante você esteja, por que a pessoa amada reside em seu próprio coração.

Acredito em amores eternos e sublimes, capazes de reconsiderar tudo, com suavidade, ternura e perdão.Acredito, sim, em amores para toda a vida, e além da vida, pois seria um tipo de amor unido à própria alma, e sem alma a vida não tem razão...

Amores eternos existem sim, e superam qualquer coisa, mesmo quando ninguém mais acredita neles, eles continuam sempre à espreita, esperando apenas um olhar, um retorno, uma reconciliação.

Augusto Branco


"A medida do amor é amar sem medida."

Victor Hugo

segunda-feira, 9 de maio de 2011

BALANÇO...



Já tentei recomeçar o que já não mais existia,
sonhei sonhos que não realizei e vivi momentos mais perfeitos
que planejei.
Já tive momentos que quis morrer e
momentos que agradeci por não ter morrido.
Já gritei por alguém que não podia mais voltar,
lutei em batalhas perdidas, mandei embora quem mais amei no mundo,
ouvi conselhos e me arrependi por não os ter praticado.
Já senti saudades a ponto de sufocar e sentir que ia morrer
mas não morri.
Descobri que não há melhor jeito de aprender do que olhando pra trás
e ate hoje não sei jeito melhor de viver do que olhando pra frente.
Aprendi e com meus próprios erros,
que não há nada que eu possa fazer para mudar meu passado,
mas todo novo amanhecer tenho 24hs para tentar melhorar meu futuro.


Lindamir Falcao

sábado, 7 de maio de 2011

MÃE...ONDE VOCÊ ESTIVER...



Por mais que os anos passem,
que a vida siga seu rumo,
as lembranças não desaparecem.

Ainda és minha estrela,
a mais linda, a mais radiante...
Serás pra mim sempre única e bela.
A melhor amiga e companheira.
Agradeço a Deus,
os anos que nos permitiu juntas.

Continuas viva em mim,
presente em todos os meu momentos.
Por mais que eu amadureça,
sempre serei seu fruto,
E tenho muito orgulho
de ter sido VOCÊ, a minha raiz.

Te amo mãe, de forma insubstituível.

Estou sempre a pensar em você,
Pois sua lembrança me alimenta e me encoraja.

Minha mãe querida...
Sei que mesmo em outro plano
nossa ligação continua,
E por ter esta certeza que estou hoje aqui,
para mais uma vez
prestar minha homenagem neste dia...
onde a saudade bate muito forte
desejando que onde estiver,
essa energia de amor e carinho te envolva e te acolha.

E em nome do grande valor que teve e sempre terá para mim,
que digo:

...Te amo minha Mãe e sempre te amarei!!! Muita luz pra você!!!

Rejane


"Mãe compreende até o que os filhos não dizem."

sexta-feira, 6 de maio de 2011

O VENCEDOR LEVA TUDO

"Sou as minhas atitudes, os meus sentimentos, as minhas idéias...
O que realmente faz valer a pena estar vivo, não há filmadora ou máquina fotográfica que registre...
Surpresas, gargalhadas, lágrimas, enfim, o que eu sinto, quem eu sou, você só vai perceber quando olhar nos meus olhos, ou melhor, além deles..."
Clarice Lispector)






Um coração é uma riqueza que não se vende nem se compra, oferece-se.
(Gustavo Flaubert)

quarta-feira, 4 de maio de 2011

VIBRAÇÃO


Gosto de me perder, assim me reencontro
Gosto que o vento brinque com meus cabelos e meus pés me guiem por caminhos bonitos
Assim meu sorriso cresce e minha menina dança.
Gosto se sentir o sol aquecendo a pele e o amor me espiando
Assim minha alma agradece e
conforta-se...

Gosto de ver como as coisas são transitórias, mas são as mesmas
Os grãos de areia mudam com o vento, se reagrupam e ainda assim são dunas...
ou são o caminho, a margem ou o fundo do mar....

Há beleza na descontrução...
Sou um grãozinho, uma gota... sou o universo.
Pretensão?
Não. Sensação...

Meu corpo sente o peso da caminhada,
mas assim, só assim
Minha alma vibra o sentido de estar aqui...
Fragmentada ou inteira.


Carolina Salcides

domingo, 1 de maio de 2011

PRESENÇA DE VOCÊ..


Toque...
com seus lábios a minha boca,
com suas mãos a minha pele,
com seu ser o meu querer.

Roube...
da minha boca beijos quentes,
da minha pele o desejo ardente,
do meu querer o entregar.

Cubra...
minha boca de delícias,
minha pele de malícias,
meu querer só de pecados.

Traga...
nos seus lábios o veneno,
nas suas mãos o obsceno,
no seu ser o meu prazer.

Pois preciso...
do meu coração acelerado,
do meu corpo embriagado
da presença de você.

Silvia Munhoz