segunda-feira, 3 de outubro de 2011

PORQUE EU SEI QUE É AMOR...



Porque eu sei que é amor
Eu não peço nada em troca
Porque eu sei que é amor
Eu não peço nenhuma prova
Mesmo que você não esteja aqui
O amor está aqui
Agora
Mesmo que você tenha que partir
O amor não há de ir
Embora
Eu sei que é pra sempre
Enquanto durar
Eu peço somente
O que eu puder dar (2x)
Porque eu sei que é amor
Sei que cada palavra importa
Porque eu sei que é amor
Sei que só há uma resposta
Mesmo sem porquê eu te trago aqui
O amor está aqui
Comigo
Mesmo sem porquê eu te levo assim
O amor está em mim
Mais vivo
Eu sei que é pra sempre
Enquanto durar
Eu peço somente
O que eu puder dar (4x)
Porque eu sei que é amor (3x)

Titãs

UMA LOUCA TEMPESTADE



LETRA:

Eu quero uma lua plena
Eu quero sentir a noite
Eu quero olhar as luzes
Que teus olhos
Não me têm deixado ver
Agora eu vou viver...
Eu quero sair de manhã
Eu quero seguir a estrela
Eu quero sentir o vento pela pele
Um pensamento me fará
Uma louca tempestade...
Eu quero ser uma tarde gris
Quero que a chuva corra sobre o rio
O rio que por ruas corre em mim
As águas que me querem levar tão longe
Tão longe que me façam esquecer
De ti...
Eu quero partir de manhã
Eu quero seguir a estrela
Eu quero sentir o vento pela pele
Um pensamento me fará
Uma louca tempestade...
Eu quero uma lua plena
Eu quero sentir a noite
Eu quero olhar as luzes
Que teus olhos
Não me têm deixado ver
Agora eu vou viver...
Eu quero ser uma tarde gris
Quero que a chuva corra sobre o rio
O rio que por ruas corre em mim
As águas que me querem levar tão longe
Eu quero ser uma tarde gris
Quero que a chuva corra sobre o rio
O rio que por ruas corre em mim
As águas que me querem levar tão longe
Tão longe que me façam esquecer
De ti...
Tão longe que me façam esquecer
De ti...

Ana Carolina

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

DE QUE SÃO FEITOS OS DIAS?


De que são feitos os dias?
- De pequenos desejos,
vagarosas saudades,
silenciosas lembranças.

Entre mágoas sombrias,
momentâneos lampejos:
vagas felicidades,
inatuais esperanças.

De loucuras, de crimes,
de pecados, de glórias
- do medo que encadeia
todas essas mudanças.

Dentro deles vivemos,
dentro deles choramos,
em duros desenlaces
e em sinistras alianças...

Cecília Meireles
In Canções

sábado, 24 de setembro de 2011

E PORQUE NÃO?



Então um dia eu fiquei sem sono
Acordei pensando na minha vida.
Olhei pras fotos, e pessoas,
Daquela minha vida antiga.

Lembrei das músicas que me faziam sorrir,
Lembrei das juras e do meu pensar.
Lembrei dos meus tantos amigos
Que me deu vontade até de chorar.

Porém tudo passou,
Mas por que não lembrar?
Por que não recordar os momentos bons
Que me fizeram sonhar?

Hoje, eu to muito feliz,
Pois tudo tem sido tão bom!
O passado, já não importa mais;
Ele estará apenas marcado em meu coração.

Na Vida como aprendemos tantas coisas
Como esquecemos tantas coisas.
Como vivemos tantas coisas!


Autor: Renata dos Reis

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

PRIMAVERA...


A Primavera chegou
Trazendo muita alegria.
Desabrochando a flor,
Anunciando a poesia.
As aves voam no céu,
Numa beleza sem par.
A Primavera chegou,
Há harmonia no ar.
A Primavera chegou,
A estação da magia.
A vida em movimento,
Que se renova e se cria.
O verde se manifesta,
Numa fusão de contraste.
A Primavera chegou
beleza em toda parte.
A Primavera chegou,
A natureza em festa.
No coração do poeta
Poesia se manifesta.
Uma nova aquarela,
Se torna a vida,e assim;
A Primavera chegou,
Florida,dentro de mim.

A Primavera chegou!!!

E que essa estação, estação do amor e das flores, contagie
cada coração!!!

Autor: Luiz Carlos Gurutuba

PODIA...



Podia ser só amizade, paixão, carinho,
admiração, respeito, ternura, tesão.
Com tantos sentimentos arrumados
cuidadosamente na prateleira de cima,
tinha de ser justo amor, meu Deus?
Porque quando fecho os olhos, é você quem eu vejo;
aos lados, em cima, embaixo, por fora e por dentro de mim.
Dilacerando felicidades de mentira,
desconstruindo tudo o que planejei,
Abrindo todas as janelas para um mundo deserto.
É você quem sorri, morde o lábio, fala grosso, conta histórias,
me tira do sério, faz ares de palhaço, pinta segredos,
ilumina o corredor por onde passo todos os dias.
É agora que quero dividir maçãs, achar o fim do arco-íris,
pisar sobre estrelas e acordar serena.
É para já que preciso contar as descobertas, alisar seu peito,
preparar uma massa, sentir seus cílios.
“Claro, o dia de amanhã cuidará do dia de amanhã
e tudo chegará no tempo exato. Mas e o dia de hoje?”
Não quero saber de medo, paciência, tempo que vai chegar.
Não negue, apareça.
Seja forte.

Autor: Caio F.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

EU GOSTO...



Gosto daquele amor que se recebe sem pedir,
Daquele carinho inesperado, verdadeiro...
Do beijo romântico e que parece se eternizar no espaço,
Do abraço apertado, acorrentado no coração.

Gosto daquele olhar envergonhado e diminuto,
Daquele sorriso sempre único e transparente,
Daquela mão sempre pronta para me segurar,
Da respiração ofegante e delirante de estar com você.

Gosto das brincadeiras sem sentido, sem nexo,
Das gargalhadas que vêm da alma, exageradas,
Do soninho no teu colo, no meu ninho,
Do teu querer-me sempre, do teu mimo.

Gosto de saber que gostas de estar comigo,
Não importa a hora, nem o tempo, nem o lugar,
Só o que te interessa é a minha presença, a minha pressa,
Só o te preocupas é a minha felicidade, a minha festa.

Gosto de saber que te faço feliz, assim como você me faz,
Que o teu futuro coincide com os meus sonhos, com o meu querer,
Que o teu sorriso vem de mim, e o meu de ti,
Que a nossa felicidade só depende agora de mim e de você.

Eu gosto de ter-te outra vez comigo,
De compartilhar contigo outras rizadas, outros sonhos,
De te conhecer de novo, de te reconhecer de novo,
De ter você, de estar com você, de ser de você.

Sim, eu gosto e como gosto, das tuas mudanças, do teu prumo,
Da sua versão melhorada, mais ainda encantada,
Mas sem perder a sua essência, o seu brilho único,
Sem perder o você que me deixou e sempre me deixa tão apaixonada.

Autor: Germana Facundo

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

HÁ MOMENTOS...


Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.

Autor: Clarice Lispector

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

I'M YOURS - Jason Mraz (traduzido)

INFINITO PARTICULAR



Eis o melhor e o pior de mim
O meu termômetro, o meu quilate
Vem, cara, me retrate
Não é impossível
Eu não sou difícil de ler
Faça sua parte
Eu sou daqui, eu não sou de Marte
Vem, cara, me repara
Não vê, tá na cara, sou porta bandeira de mim
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular
Em alguns instantes
Sou pequenina e também gigante
Vem, cara, se declara
O mundo é portátil
Pra quem não tem nada a esconder
Olha minha cara
É só mistério, não tem segredo
Vem cá, não tenha medo
A água é potável
Daqui você pode beber
Só não se perca ao entrar
No meu infinito particular

Marisa Monte

PACIÊNCIA


Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para...
Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...
Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...
O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...
Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para não...
Será que é tempo
Que lhe falta para perceber?
Será que temos esse tempo
Para perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não para
A vida não para...
A vida não para...

Música Lenine

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

AQUILO QUE NÃO FOMOS...


Ninguém tem culpa
daquilo que não fomos.
Não ouve erros.
Nem cálculos falhados.
Sobre a estipe de papel;
Apenas não somos os calculistas.
Porem os calculados.
Não somos os desenhistas.
Mas os desenhados.
E muito menos escrevemos versos.
E sim somos escritos.
Ninguém é culpado de nada.
Neste estranhar constante.
Ao longe uma chuva fina.
Molha aquilo que não fomos...


Autor: (Paulo Bonfim)

FRÁGIL...


As vezes tenho medo desse amor que é tão grande dentro de mim.
Bate tão forte no meu peito,que assusta o meu coração.
É um amor sincero,cauteloso,ansioso não tem ilusão.
Sinto esse amor forte,corajoso,impulsivo mas carinhoso em
qualquer situação.
Esse amor destemido,no fundo carente não é prepotente,
tem emoção
Chora com o medo,briga com a tristeza,ri da folia foge da ilusão.
Mas sempre volta,batendo forte no meu coração.
É um amor verdadeiro,frágil,valente que precisa de carinho.
Mas que tem medo da solidão...

Autor:Celi Luzzi

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

EU QUERO SER PRA VOCÊ....



Eu quero ser pra você
A alegria de uma chegada
Clarão trazendo o dia
Iluminando a sacada
Eu quero ser pra você
A confiança, o que te faz
Te faz sonhar todo dia
Sabendo que pode mais
Eu quero ser ao teu lado
Encontro inesperado
O arrepio de um beijo bom
Eu quero ser sua paz a melodia capaz
De fazer você dançar
Eu quero ser pra você
A lua iluminando o sol
Quero acordar todo dia
Pra te fazer todo o meu amor
Eu quero ser pra você
Braços abertos a te envolver
E a cada novo sorriso teu
Serei feliz por amar você
Se eu vivo pra você
Se eu canto pra você
Pra você


AH! COMO EU AMEI....



O amor que eu tenho guardado no peito
Me faz ser alegre, sofrido e carente
AAAHHH!! Como eu amei
Eu sonho, sou verso,
sou terra, sou sol
sentimento aberto
AAAHHH!! Como eu amei
AAAHHH!! Eu caminhei
AAAHHH!! Nao entendi
Eu era feliz, era a vida
Minha espera acabou
Meu corpo cansado e eu mais velho
Meu sorriso sem graça chorou
AAAHHH!! Como eu amei
AAAHHH!! Eu caminhei
Tem dias que eu paro
Me lembro e choro,
Com medo eu reflito que
nao fui perfeito
AAAHHH!! Como eu amei
Eu sonho, sou verso,
sou terra, sou sol
sentimento aberto
AAAHHH!! Como eu amei
AAAHHH!! Eu caminhei
AAAHHH!! Nao entendi
Eu era feliz, era a vida
Minha espera acabou
Meu corpo cansado e eu mais velho
Meu sorriso sem graça chorou
AAAHHH!! Como eu amei
AAAHHH!! Eu caminhei

Benito de Paula

quarta-feira, 20 de julho de 2011

SONETO DO AMIGO



HOJE, DIA DO AMIGO.....A TODOS OS QUE SÃO E SABEM SER AMIGOS DE SEUS AMIGOS DESEJO UM DIA MUITO FELIZ!!!!!


Enfim, depois de tanto erro passado
Tantas retaliações, tanto perigo
Eis que ressurge noutro o velho amigo
Nunca perdido, sempre reencontrado.

É bom sentá-lo novamente ao lado
Com olhos que contêm o olhar antigo
Sempre comigo um pouco atribulado
E como sempre singular comigo.

Um bicho igual a mim, simples e humano
Sabendo se mover e comover
E a disfarçar com o meu próprio engano.

O amigo: um ser que a vida não explica
Que só se vai ao ver outro nascer
E o espelho de minha alma multiplica...

Vinicius de Moraes

"A AMIZADE É UM AMOR QUE NUNCA MORRE"

quinta-feira, 14 de julho de 2011

O AMOR QUE VAI CHEGAR...


Lua fria, escura, sem vida…
Você distante, tudo tão triste
Vento cortante, frio na alma
Saudade, um imenso vazio
Vontade de chorar
Desistir de mim

Não te amei pra ser assim
Te amo a vida exigiu
Sumiu a lua e as estrelas…
Só existe o que não busquei
Escuridão infinda
Você distante

Vivo, só para te querer
Em algum canto e tempo
Te verei sim, vamos nos ver
Vivo porque te espero
E viverei outra vida
Sempre buscando você



Autor: Evaldo da Veiga

domingo, 10 de julho de 2011

AMOR INVULGAR...



Seguirei tuas pegadas
nas brancas dunas
da praia dos sonhos
e mesmo
que o vento sul apague
até meu clamor a ti
nem o tempo eternal
se oporá ao anseio
de eu ser o ser
que teu peito afague

Me guiarei pelas estrelas
do universo em desencanto
tão menor que meu pranto
se meu canto é esperanto
tão invulgar
utópico
longínquo
a um olhar defronte
tal meu pensar
a um amor etéreo
que destas areias
se perde no horizonte.

DESCONHEÇO AUTOR

sexta-feira, 10 de junho de 2011

RETORNAR...


Caminho descalça na areia
Vou devagar
Examino as pegadas
Que vou deixando
Na esperança
De alguém me encontrar...
Sinto o mar
Me chamando
Como um pai
Exigente
Mas, sigo a caminhar
Deixando pegadas
Para alguém me buscar
Antes que o mar
Me alcance
E me abrace pela beira
E me carregue inteira
O vento aparece
Apagando
Minhas pegadas
Para ninguém me achar
Quer me fazer
Entender que
Minha natureza
É água sempre
Sou sereia
Agora sei
Não devo chorar
Meu destino é
Retornar
Para o mar
O meu lugar
Para amar...

Autor: ALICE LUCONI NASSIF

sexta-feira, 20 de maio de 2011

MEUS QUERERES...



Eu queria tanto poder fechar os olhos e sonhar...
Eu queria tanto neste mundo secreto, apenas te olhar...
Eu queria sofrer, correr, viver, me entristecer, menos chorar.
Eu podia fechar os olhos e a realidade enganar.
Mas...não adiantaria, pois só me faria pensar.
Eu queria paz, alegria, um momento...
Eu queria otimismo, surpresa, um pensamento.
Eu queria até mesmo fugir, desistir,
mas nunca deixar de sorrir.
Será que eu queria algo mais?
Talvez tudo isso já fosse demais.
Acho que a natureza é o mundo...
Mesmo que triste e profundo.
Acho que o sonho é o nada...
Numa noite quieta e calada.
Eu queria de tudo um pouco:
Das pessoas - a confiança;
Da natureza - a esperança;
E dos sonhos - a lembrança.
Eu queria do pouco o tudo:
Da vida - o otimismo;
Da alegria - um sorriso;
Da paz - a harmonia;
Da poesia - a fantasia.
O mundo é tão cheio de dor...
Resumindo tudo:
Eu queria apenas o amor!

Autor: P.P.P. Lima

quarta-feira, 18 de maio de 2011

O SILÊNCIO...


O silêncio é uma lâmina
afiadíssima
que vai cortando lascas
pacientemente
do coração da gente.

E apesar de tudo
de ser silêncio
ele é um grito sufocante
aterrorizante
na alma da gente.

Sempre o desejamos
ardentemente
sem esperar, no entanto
displicente
que ele atenda a gente.

O silêncio é na verdade
misterioso
contém muitas histórias
doloridas
sobre a vida da gente.

Estou nesse momento
nos braços do silêncio
agarro-me a ele
com medo de cair
de repente...

Porque apesar de triste
é companheiro
Ele faz parte da gente...

Autor: Terê Penhabe

segunda-feira, 16 de maio de 2011

BRILHO PERDIDO...


Como tudo passou sem querer...
E foi quase sem a gente perceber.
Você nem teve tempo pra me amar
e eu nem tive tempo pra ficar...
E assim, sem se notar,
tudo foi esvaindo-se pelo ar...
E as coisas que tínhamos pra falar
ficaram travadas no meu ser,
ficaram ocultadas em você...
Mas não tem nada,
perdoe o meu coração
(ele não soube lhe entender);
que eu perdôo o seu coração
(ele não soube me querer).

Isso, às vezes, acontece
e logo tudo se esquece...
Logo, tudo vai findar,
e o que tínhamos pra falar,
sei que nem iremos mais lembrar...
Por isso, não vamos procurar
motivos para explicar
tudo que, enfim, aconteceu...
Pois isso é muito natural;
e a todo instante
há um caso igual;
tal qual
Você e Eu!

Autor: Rubenio Marcelo

quarta-feira, 11 de maio de 2011

DIFÍCIL?



É difícil perdoar?
Mas quem disse que é fácil se arrepender?
Se você sente algo, diga...
É difícil se abrir?
Mas quem disse que é fácil encontrar
alguém que queira escutar?
Se alguém reclama de você, ouça...
É difícil ouvir certas coisas?
Mas quem disse que é fácil ouvir você?
Se alguém te ama, ame-o...
É difícil entregar-se?
Mas quem disse que é fácil ser feliz?
Nem tudo é fácil na vida...Mas, com certeza, nada é impossível
Precisamos acreditar, ter fé e lutar
para que não apenas sonhemos,
Mas também tornemos todos esses desejos, realidade!!!

Clarice Lispector

terça-feira, 10 de maio de 2011

AMORES ETERNOS...




Eu acredito em amores eternos, daqueles que acompanham a gente pela vida inteira, como se tempo e amor se fundissem num só elemento, tornando-se imutáveis, indestrutíveis.

Eu acredito em amores eternos, daqueles que vão com você para qualquer lugar, não importando o quão distante você esteja, por que a pessoa amada reside em seu próprio coração.

Acredito em amores eternos e sublimes, capazes de reconsiderar tudo, com suavidade, ternura e perdão.Acredito, sim, em amores para toda a vida, e além da vida, pois seria um tipo de amor unido à própria alma, e sem alma a vida não tem razão...

Amores eternos existem sim, e superam qualquer coisa, mesmo quando ninguém mais acredita neles, eles continuam sempre à espreita, esperando apenas um olhar, um retorno, uma reconciliação.

Augusto Branco


"A medida do amor é amar sem medida."

Victor Hugo

segunda-feira, 9 de maio de 2011

BALANÇO...



Já tentei recomeçar o que já não mais existia,
sonhei sonhos que não realizei e vivi momentos mais perfeitos
que planejei.
Já tive momentos que quis morrer e
momentos que agradeci por não ter morrido.
Já gritei por alguém que não podia mais voltar,
lutei em batalhas perdidas, mandei embora quem mais amei no mundo,
ouvi conselhos e me arrependi por não os ter praticado.
Já senti saudades a ponto de sufocar e sentir que ia morrer
mas não morri.
Descobri que não há melhor jeito de aprender do que olhando pra trás
e ate hoje não sei jeito melhor de viver do que olhando pra frente.
Aprendi e com meus próprios erros,
que não há nada que eu possa fazer para mudar meu passado,
mas todo novo amanhecer tenho 24hs para tentar melhorar meu futuro.


Lindamir Falcao

sábado, 7 de maio de 2011

MÃE...ONDE VOCÊ ESTIVER...



Por mais que os anos passem,
que a vida siga seu rumo,
as lembranças não desaparecem.

Ainda és minha estrela,
a mais linda, a mais radiante...
Serás pra mim sempre única e bela.
A melhor amiga e companheira.
Agradeço a Deus,
os anos que nos permitiu juntas.

Continuas viva em mim,
presente em todos os meu momentos.
Por mais que eu amadureça,
sempre serei seu fruto,
E tenho muito orgulho
de ter sido VOCÊ, a minha raiz.

Te amo mãe, de forma insubstituível.

Estou sempre a pensar em você,
Pois sua lembrança me alimenta e me encoraja.

Minha mãe querida...
Sei que mesmo em outro plano
nossa ligação continua,
E por ter esta certeza que estou hoje aqui,
para mais uma vez
prestar minha homenagem neste dia...
onde a saudade bate muito forte
desejando que onde estiver,
essa energia de amor e carinho te envolva e te acolha.

E em nome do grande valor que teve e sempre terá para mim,
que digo:

...Te amo minha Mãe e sempre te amarei!!! Muita luz pra você!!!

Rejane


"Mãe compreende até o que os filhos não dizem."

sexta-feira, 6 de maio de 2011

O VENCEDOR LEVA TUDO

"Sou as minhas atitudes, os meus sentimentos, as minhas idéias...
O que realmente faz valer a pena estar vivo, não há filmadora ou máquina fotográfica que registre...
Surpresas, gargalhadas, lágrimas, enfim, o que eu sinto, quem eu sou, você só vai perceber quando olhar nos meus olhos, ou melhor, além deles..."
Clarice Lispector)






Um coração é uma riqueza que não se vende nem se compra, oferece-se.
(Gustavo Flaubert)

quarta-feira, 4 de maio de 2011

VIBRAÇÃO


Gosto de me perder, assim me reencontro
Gosto que o vento brinque com meus cabelos e meus pés me guiem por caminhos bonitos
Assim meu sorriso cresce e minha menina dança.
Gosto se sentir o sol aquecendo a pele e o amor me espiando
Assim minha alma agradece e
conforta-se...

Gosto de ver como as coisas são transitórias, mas são as mesmas
Os grãos de areia mudam com o vento, se reagrupam e ainda assim são dunas...
ou são o caminho, a margem ou o fundo do mar....

Há beleza na descontrução...
Sou um grãozinho, uma gota... sou o universo.
Pretensão?
Não. Sensação...

Meu corpo sente o peso da caminhada,
mas assim, só assim
Minha alma vibra o sentido de estar aqui...
Fragmentada ou inteira.


Carolina Salcides

domingo, 1 de maio de 2011

PRESENÇA DE VOCÊ..


Toque...
com seus lábios a minha boca,
com suas mãos a minha pele,
com seu ser o meu querer.

Roube...
da minha boca beijos quentes,
da minha pele o desejo ardente,
do meu querer o entregar.

Cubra...
minha boca de delícias,
minha pele de malícias,
meu querer só de pecados.

Traga...
nos seus lábios o veneno,
nas suas mãos o obsceno,
no seu ser o meu prazer.

Pois preciso...
do meu coração acelerado,
do meu corpo embriagado
da presença de você.

Silvia Munhoz

sábado, 30 de abril de 2011

NÃO PENSE DUAS VEZES...



A felicidade é um susto.
Chega na calada da noite, na fala do dia, no improviso das horas.
Chega sem chegar, insinua mais que propõe...
Felicidade é animal arisco. Tem que ser adimirada à distância porque não aceita a jaula que preparamos para ela. Vê-la solta e livre no campo, correndo com sua velocidade tão elegante é uma sublime forma de possuí-la.
Felicidade é chuva que cai na madrugada, quando dormimos. O que vemos é a terra agradecida, pronta para fecundar o que nela está sepultado, aguardando a hora da ressurreição.
Felicidade é coisa que não tem nome. É silêncio que perpassa os dias tornando-os mais belos e falantes.
Felicidade é carinho de mãe em situação de desespero.
É olhar de amigo em horas de abandono.
É fala calmante em instantes de desconsolo.
Felicidade é palavra pouca que diz muito. É frase dita na hora certa e que vale por livros inteiros.
Eu busco a frase de cada dia, o poema que me espera na esquina, o recado de Deus escrito na minha geladeira...
Eu vivo assim... Sem doma, sem dono, sem porteiras, porque a felicidade é meu destino de honra, meu brasão e minha bandeira.
Eu quero a felicidade de toda hora.
Não quero o rancor, não quero o alarde dos artifícios das palavras comuns, nem tampouco o amor que deseja aprisionar meu sonho em suas gaiolas tão mesquinhas.
O que quero é o olhar de Jesus refletido no olhar de quem amo. Isso sim é felicidade sem medidas.
O café quente na tarde fria, a conversa tão cheia de humor, o choro vez em quando.
Felicidades pequenas... O olhar da criança que me acompanha do colo da mãe, e que depois, à distância, sorri segura, porque sabe que eu não a levarei de seu lugar preferido.
A felicidade é coisa sem jeito, mas com ela eu me ajeito. Não forço para que seja como quero, apenas acolho sua chegada, quando menos espero.
E então sorrio, como quem sabe,que quando ela chega, o melhor é não dispersar as forças... E aí sou feliz por inteiro na pequena parte que me cabe.
O que hoje você tem diante dos olhos merece um sorriso? Não pense duas vezes...

Padre Fabio de Melo

sexta-feira, 29 de abril de 2011

PLACEBO



Perto de mais do fim para concertar
longe de mais do início para recomeçar...
e tudo que eu tenho são lembranças vazias
e saudades de coisas que nunca realmente aconteceram.

Mais uma vez nossas línguas se embaraçam
mas nossos labios não se tocam
eu tento me manter de pé mas a brisa
do mar sempre me derruba.

Ao toque do luar eu sinto meu brilho
se esvaindo e o gosto das ondas
sutilmente na minha língua, tão doce,
quanto as suas últimas juras de amor ...

Lá fora, a chuva cai limpando a terra,
tão forte ...
as coisas jamais serão as mesmas
sem aquela lama para esconder
o que eu sempre me fiz acreditar
que era amor ....

Knorrupe

HOJE É O TEMPO...




A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso, que a idéia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver.

Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existencia as mais diversas formas de sementes.

Cada escolha, por menor que seja, é uma forma de semente que lançamos sobre o canteiro que somos. Um dia, tudo o que agora silenciosamente plantamos, ou deixamos plantar em nós,será plantação que poderá ser vista de longe...

Para cada dia, o seu empenho. A sabedoria bíblica nos confirma isso, quando nos diz que "debaixo do céu há um tempo para cada coisa!"

Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas que você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura.

Felicidade talvez seja isso: alegria de recolher da terra que somos, frutos que sejam agradáveis aos olhos!

Infelicidade, talvez seja o contrário.

O que não podemos perder de vista é que a vida não é real fora do cultivo. Sempre é tempo de lançar sementes... Sempre é tempo de recolher frutos. Tudo ao mesmo tempo. Sementes de ontem, frutos de hoje, Sementes de hoje, frutos de amanhã!

Por isso, não perca de vista o que você anda escolhendo para deixar cair na sua terra. Cuidado com os semeadores que não lhe amam. Eles têm o poder de estragar o resultado de muitas coisas.

Cuidado com os semeadores que você não conhece. Há muita maldade escondida em sorrisos sedutores...

Cuidado com aqueles que deixam cair qualquer coisa sobre você, afinal, você merece muito mais que qualquer coisa.

Cuidado com os amores passageiros... eles costumam deixar marcas dolorosas que não passam...

Cuidado com os invasores do seu corpo... eles não costumam voltar para ajudar a consertar a desordem...

Cuidado com os olhares de quem não sabe lhe amar... eles costumam lhe fazer esquecer que você vale à pena...

Cuidado com as palavras mentirosas que esparramam por aí... elas costumam estragar o nosso referencial da verdade...

Cuidado com as vozes que insistem em lhe recordar os seus defeitos... elas costumam prejudicar a sua visão sobre si mesmo.

Não tenha medo de se olhar no espelho. É nessa cara safada que você tem, que Deus resolveu expressar mais uma vez, o amor que Ele tem pelo mundo.

Não desanime de você, ainda que a colheita de hoje não seja muito feliz.

Não coloque um ponto final nas suas esperanças. Ainda há muito o que fazer, ainda há muito o que plantar, e o que amar nessa vida.

Ao invés de ficar parado no que você fez de errado, olhe para frente, e veja o que ainda pode ser feito...

A vida ainda não terminou. E já dizia o poeta "que os sonhos não envelhecem..."

Vai em frente. Sorriso no rosto e firmeza nas decisões.

Deus resolveu reformar o mundo, e escolheu o seu coração para iniciar a reforma.

Isso prova que Ele ainda acredita em você. E se Ele ainda acredita, quem sou eu pra duvidar... (?)

Padre Fábio de Melo

quinta-feira, 28 de abril de 2011

MUDANÇAS



Alguma coisa está soprando no ar
Mudanças caminham no ar
Notícias caminham no ar
Existe o indefinível soprando no ar

Alguma coisa esta presente na atmosfera
A mudança de estação encerra mais um ciclo
E agora temos de abrir novas estradas
Pois existe algo na atmosfera

Não sei se são boas mudanças ou más
Sei que são mudanças
Sei que a primavera surge sempre sem motivos
Mostrando as flores que o inverno encerra

Sei que as mudanças estão a caminho
Porquê os dias são de espera
Existe espera nas horas, nos olhos, nos gestos
Espero as mudanças como quem espera um filho

E as vozes os meus sonhos encerram
Vozes que me chamam
Ajudando-me a suportar os minutos
que separam-me do destino que me espera
Aguardai-me vozes

Willian Gama Santos

quarta-feira, 27 de abril de 2011

O INACABADO QUE HÁ EM MIM


Eu me experimento inacabado. Da obra, o rascunho. Do gesto, o que não termina.
Sou como o rio em processo de vir a ser. A confluência de outras águas e o encontro com filhos de outras nascentes o tornam outro. O rio é a mistura de pequenos encontros. Eu sou feito de águas, muitas águas. Também recebo afluentes e com eles me transformo,
O que sai de mim cada vez que amo? O que em mim acontece quando me deparo com a dor que não é minha, mas que pela força do olhar que me fita vem morar em mim? Eu me transformo em outros? Eu vivo para saber. O que do outro recebo leva tempo para ser decifrado. O que sei é que a vida me afeta com seu poder de vivência. Empurra-me para reações inusitadas, tão cheias de sentidos ocultos. Cultivo em mim o acúmulo de muitos mundos.
Por vezes o cansaço me faz querer parar. Sensação de que já vivi mais do que meu coração suporta. Os encontros são muitos; as pessoas também. As chegadas e partidas se misturam e confundem o coração. É nesta hora em que me pego alimentando sonhos de cotidianos estreitos, previsíveis.
Mas quando me enxergo na perspectiva de selar o passaporte e cancelar as saídas, eis que me aproximo de uma tristeza infértil.
Melhor mesmo é continuar na esperança de confluências futuras. Viver para sorver os novos rios que virão.
Eu sou inacabado. Preciso continuar.
Se a mim for concedido o direito de pausas repositoras, então já anuncio que eu continuo na vida. A trama de minha criatividade depende deste contraste, deste inacabado que há em mim. Um dia sou multidão; no outro sou solidão. Não quero ser multidão todo dia. Num dia experimento o frescor da amizade; no outro a febre que me faz querer ser só. Eu sou assim. Sem culpas.

Padre Fabio de Melo

terça-feira, 26 de abril de 2011

OPOSIÇÃO


Estou absolutamente oposta
Agora estou visceralmente contrária a ti
Por você não escrevi o meu mais belo poema
Quantos casos de amor não vivi?
Agora o meu amor é de oposição
Voto contra a banca, rio, mostro quem manda
Decreto estado de sítio e suspendo suas garantias emocionais
Ponho a tropa na rua e armo uma barreira em seu coração
Agora o nosso amor é ditadura
Agora o meu amor é de oposição.

Autor: William G Santos

segunda-feira, 25 de abril de 2011

MEUS ENGANOS...


Descubro uma trilha onde era um deserto

e traço um caminho na imaginação.

Percorro quilômetros até descobrir

que por mais que eu caminhe, tentando seguir,

minha estrada é um círculo sem direção.

Os enganos atrasam a minha chegada,

consomem meu tempo, entortam meu chão,

misturam destinos, separam encontros

e disfarçam os erros de intuição.

Eles fingem estratégias, montam soluções

e me fazem crer que aprendi.

Mas apenas costuram retalhos de histórias

que me foram contadas

e que eu nunca li.

Meus enganos invertem as minhas certezas,

abalam as pontes que eu construí,

decoram atalhos e juntam percursos

que não combinam mais entre si.

Mas a minha viagem precisa ser feita

e não quero errar nem viver de ilusão.

Confio em Deus, no amor e no tempo,

então solto as amarras do meu pensamento

e minha mente perdoo pela confusão.

Autor: Roberta Marcon

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Á UM AUSENTE


Tenho razão de sentir saudade,
tenho razão de te acusar.
Houve um pacto implícito que rompeste
e sem te despedires foste embora.
Detonaste o pacto.
Detonaste a vida geral, a comum aquiescência
de viver e explorar os rumos de obscuridade
sem prazo sem consulta sem provocação
até o limite das folhas caídas na hora de cair.

Antecipaste a hora.
Teu ponteiro enlouqueceu, enlouquecendo nossas horas.
Que poderias ter feito de mais grave
do que o ato sem continuação, o ato em si,
o ato que não ousamos nem sabemos ousar
porque depois dele não há nada?

Tenho razão para sentir saudade de ti,
de nossa convivência em falas camaradas,
simples apertar de mãos, nem isso, voz
modulando sílabas conhecidas e banais
que eram sempre certeza e segurança.

Sim, tenho saudades.
Sim, acuso-te porque fizeste
o não previsto nas leis da amizade e da natureza
nem nos deixaste sequer o direito de indagar
porque o fizeste, porque te fostes...

Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, 19 de abril de 2011

UM TEMPO QUE PASSOU


Vou
uma vez mais
correr atrás
de todo o meu tempo perdido
quem sabe, está guardado
num relógio escondido por quem
nem avalia o tempo que tem

Ou
alguém o achou
examinou
julgou um tempo sem sentido
quem sabe, foi usado
e está arrependido o ladrão
que andou vivendo com meu quinhão

Ou dorme num arquivo
um pedaço de vida
a vida, a vida que eu não gozei
eu não respirei
eu não existia

Mas eu estava vivo
vivo, vivo
o tempo escorreu
o tempo era meu
e apenas queria
haver de volta
cada minuto que passou sem mim

Sim
encontro enfim
iguais a mim
outras pessoas aturdidas
descubro que são muitas
as horas dessas vidas que estão
talvez postas em grande leilão

São
mais de um milhão
uma legião
um carrilhão de horas vivas
quem sabe, dobram juntas
as dores colectivas, quiçá
no canto mais pungente que há

Ou dançam numa torre
as nossas sobrevidas
vidas, vidas
a se encantar
a se combinar
em vidas futuras

Enquanto o vinho corre, corre, corre
morrem de rir
mas morrem de rir
naquelas alturas
pois sabem que não volta jamais
um tempo que passou

Chico Buarque

segunda-feira, 18 de abril de 2011

AVESSO


No nosso caminhar o tempo e trajetar a vida,
encontramos pessoas que passam,
outras que vão e
outras que ficam.

Muitas na mesma direção,
mas poucas no mesmo sentido.

Algumas até tentam o lado a lado,
mas por falta de obstinação e
na ânsia de antecipar o futuro,
ficam a degustar o instantâneo
enquanto roem a vida.

Nesse processo de escalar o tempo e
“alcançar” o que a vida tem a oferecer,
os cruzamentos prescritos
nos jogam no peito
pessoas que por vezes
nos arrastam pelos encantos que parecem ter;
e alheios à dor que podemos sentir,
esses prescritos mostram
que o calendário da convivência
faz cair o véu e
revelar o que por trás dele
parecia puro e perfeito;
e depois de dissolver o fascínio e
desnudar o belo,
faz este, mostrar seu avesso e
expor o que nos tira o sorriso;
e ainda, como castigo,
nos força crescer e,
com o coração ferido, entender que,
se as expressões dos nossos sentimentos
não conseguiram fiar o vínculo naquele que de nós se desgarrou
é porque a vida nos destina,
ainda, a outro caminhar...

(Josué Firmino dos Santos)

domingo, 17 de abril de 2011

SABEDORIA CANINA



Já se imaginou agindo com a sabedoria canina?

A vida teria uma perspectiva mais amistosa.

Tente:

1. Nunca deixe passar a oportunidade de sair para um passeio.
2. Experimente a sensação do ar fresco e do vento na sua face por puro prazer.
3. Quando alguém que você ama se aproxima, corra para saudá-la(o).
4. Quando houver necessidade, pratique a obediência.
5. Deixe os outros saberem quando invadiram o seu território.
6. Sempre que puder tire uma soneca e se espreguice antes de se levantar.
7. Corra, pule e brinque diariamente.
8. Coma com gosto e entusiasmo, mas pare quando estiver satisfeito.
9. Seja sempre leal.
10. Nunca pretenda ser algo que você não é.
11. Se o que você deseja está enterrado, cave até encontrar.
12. Quando alguém estiver passando por um mau dia, fique em silêncio,
sente-se próximo e, gentilmente, tente agradá-lo.
13. Quando chamar a atenção, deixe alguém tocá-lo.
14. Evite morder quando apenas um rosnado resolver.
15. Nos dias mornos, deite-se de costas sobre a grama.
16. Nos dias quentes, beba muita água e descanse embaixo de uma árvore frondosa.
17. Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
18. Não importa quantas vezes for censurado, não assuma a culpa que
não tiver e não fique amuado... corra imediatamente de volta para seus amigos.
19. Alegre-se com o simples prazer de uma caminhada.

Desconheço o autor.

quinta-feira, 3 de março de 2011

A VIDA COR DE ROSA

La vie en rose - Grace Jones (TRADUÇÃO)



"Eu amo tudo que me toca a alma, que me conquista, ainda que não permaneça.
Amo tudo que desperta minha curiosidade, o desejo de saber e, de repente, descobrir que nada sei.
Aposto minhas fichas no caminho, mesmo sem saber o meu destino.
Desejo boas-vindas às boas companhias, aquelas que, por bem ou mal, me fazem aprender e permitam que eu cresça.
Acredito na verdade por discernimento e na mentira por opção, mas nada me faz viver por meias palavras.
Mais vale uma boa dose de silencio, com essa mesma dose eu brindo a denuncia de um olhar, pois são “palavras” verdadeiras e compreendidas sem esforço."
Alessandra Souza

SÓ LOUCO....

Só Louco - Gal Costa (by Enise)




"Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia. E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança."
William Shakespeare


"Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal."
Friedrich Nietzsche

"O amor só é lindo, quando encontramos alguém que nos transforme no melhor que podemos ser."

domingo, 13 de fevereiro de 2011

EU SOU...


Eu sou a que no mundo anda perdida,
Eu sou a que na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada...a dolorida...
Sombra de névoa tênue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!...

Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver,
E que nunca na vida me encontrou!

Autor: Florbela Espanca

.........


"Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar" ..Friedrich Nietzsche

LIBERDADE...


A liberdade é a grandeza de poder fazer escolhas.

Mas, se essas escolhas não tivessem consequências, se nos permitíssemos voltar atrás em assuntos cuja natureza não admite isso, a nossa liberdade ficaria esvaziada. E estaríamos a anular a nossa personalidade, porque nós somos aquilo que fazemos com as nossas escolhas.
É com elas que traçamos o nosso caminho e nos definimos.
É uma ilusão pensarmos que somos aquilo que a vida – os outros, os acontecimentos… – fez de nós.
Somos, antes, aquilo que as nossas escolhas determinaram.
A vida pode arrastar-nos de um lado para outro, magoar-nos, oferecer-nos frio ou calor... Mas não nos corrompe.

Somos os autores da nossa felicidade ou da nossa infelicidade.
Gostamos de nos queixar, mas não temos razão.
Podemos adaptar-nos àquilo que nos sucede.
Podemos aguentar.
Podemos esperar.
Mas quando atuamos mal, quando as nossas escolhas são contrárias à nossa natureza humana, chega-se a um ponto em que viver,
é insuportavelmente doloroso..

Autor: Paulo Geraldo

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

MULHER MADURA...


A mulher madura tem um jeito todo especial de ser:
ELA...
não PEGA, ela TOCA....
não é inteligente, ela é SÁBIA.
não se precipita, ela espera o MOMENTO CERTO.
não pensa em quantidade, ela prefere QUALIDADE.
não vê, ela OBSERVA.
não anda, ela CAMINHA.
não é pretensiosa, ela simplesmente se GOSTA.
não julga, ela ANALISA.
não compara, ela ASSIMILA.
não coloca algemas, ela os deixa LIVRE.
não enfeitiça, ela ENCANTA.
não é decidida, ela apenas sabe O QUE QUER.
não é exigente, ela é SELETIVA.
não se sente velha, ela se considera EXPERIENTE.
não se lamenta, ela tenta fazer DIFERENTE.
não tem medo, ela tem RECEIOS.
não faz juras, ela deixa por conta do TEMPO.
não tira conclusões, ela faz SUPOSIÇÕES.
“não desce do salto”, ela tem “JOGO DE CINTURA”.
não brilha, ela é ILUMINADA.
não é moderna, ela é ELEGANTE.
não quer ser cobiçada, ela prefere ser DESEJADA.
não possui sombras, ela tem AURA.
não adivinha, ela tem PERCEPÇÃO.
não faz sexo, ela é mestre na ARTE DE AMAR.
não fica, ela se ENVOLVE.
não manda, ela ADMINISTRA.
não é ventania, ela é ar em movimento

É MULHER sensível, mas ao mesmo tempo uma verdadeira guerreira,
é forte, mas é feminina, porém, muitos não possuem sensibilidade para perceber tal beleza, mas aqueles que descobrem...

preferem morrer nos braços dessa tal mulher, que não é DOCE, mas que, simplesmente é puro MEL...

desconheço autor

domingo, 6 de fevereiro de 2011

O QUE A GENTE PRECISA...


O tempo, de vento em vento, desmanchou o penteado arrumadinho de várias certezas que eu tinha, e algumas vezes descabelou completamente a minha alma.

Mesmo que isso tenha me assustado muito aqui e ali, no somatório de tudo, foi graça, alívio e abertura.

A gente não precisa de certezas estáticas.

A gente precisa é aprender a manha de saber se reinventar.

De se tornar manhã novíssima depois de cada longa noite escura.

A gente precisa é de um olhar fresco, que não envelhece, apesar de tudo o que já viu.

E de um amor que não enruga, apesar das memórias todas na pele da alma.

A gente precisa é deixar de ser sobrevivente para, finalmente, viver...

Autor desconhecido

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

MULHER BORBOLETA...


Borboletas são livres.
Minha alma também.
Anseio liberdade, beleza e amor
De ir, vir e sentir.
Paixão, ar, calor.

Preciso criar...
Voar.
Sentir o vento nos cabelos.
Mas os pés no chão.
Quero abraço.
Mas quero espaço.

Mulher borboleta.
Pequenina e voraz.
Tem um vôo que seduz.
Uma beleza que satisfaz.

Possuidora de uma leveza que conduz.
Sua fragilidade lhe faz, uma mulher que reluz!
Precisa de arte.
Precisa que invada.
Que o coração dispare.
Que a saudade mate.

Não a prenda.
Traga flores para que venha.
Ela não é para qualquer um.
Ela é da natureza.
Ela é dela.

Tranque-a e ela morre.
Sopre-a no vento...
Que ela vai.
Mas espere...
Pois ela volta.

Carolina Salcides

CLARICE LISPECTOR DIZ TUDO...


Aqui transcrevo um texto de Clarice Lispector, onde me reconheço, me sinto e me econtro em suas palavras... Essa sou eu gente...rsss

Sou como você me vê...
posso ser leve como uma brisa ou forte como uma ventania,
depende de quando e como você me vê passar...

Suponho que me entender não é uma questão de inteligência
e sim de sentir, de entrar em contato...

Tenho uma alma muito prolixa e uso poucas palavras,
sou irritável e firo facilmente.

Também sou muito calma e perdôo logo.
Não esqueço nunca.
Mas há poucas coisas de que eu me lembre...

Tenho felicidade o bastante para ser doce,
dificuldades para ser forte,
tristeza para ser humana
e esperança suficiente para ser feliz.

Não me dêem fórmulas certas, por que eu não espero acertar sempre.
Não me mostrem o que esperam de mim, por que vou seguir meu coração.
Não me façam ser quem não sou.
Não me convidem a ser igual, por que sinceramente sou diferente.
Não sei amar pela metade.
Não sei viver de mentira.
Não sei voar de pés no chão.

Sou sempre eu mesma...
mas com certeza não serei a mesma pra sempre...

Sou uma filha da natureza: quero pegar, sentir, tocar, ser.
E tudo isso já faz parte de um todo, de um mistério.

Sou uma só... Sou um ser...a única verdade é que vivo.
Sinceramente, eu vivo.

Clarice Lispector

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

MULHER FORTE E MULHER DE FORÇA.


Uma mulher forte malha todo dia
para manter seu corpo em forma...

Uma mulher de força constrói
relacionamentos para manter
sua alma em forma.

Uma mulher forte
não tem medo de nada...

Uma mulher de força
demonstra coragem,
em meio a seus medos.

Uma mulher forte não permite que
ninguém tire o melhor dela...

Uma mulher de força dá o
melhor de si a todos.

Uma mulher forte comete erros e
evita-os no futuro...

Uma mulher de força
percebe que os erros na vida,
também podem ser bênçãos
inesperadas, e aprende com eles.

Uma mulher forte tem o olhar
de segurança na face...

Uma mulher de força tem a graça.

Uma mulher forte acredita que
ela é forte o suficiente para a jornada...

Uma mulher de força tem fé que é durante
a jornada que ela se tornará forte.

Autora
(Texto extraído da Página: Sabedoria dos Mestres)
Enviado por
Neuzacc

domingo, 30 de janeiro de 2011

JULGAMENTO...


Não me julgue, porque sempre irei lhe surpreender...
Posso te olhar fixamente e ler todo seu íntimo se isso me interessar,
assim como posso te olhar e me entediar e nada captar.
Posso mover o mundo em seu favor, assim como posso ficar
parada apenas observando seu movimento...
Palavras não me impressionam...
Minha avaliação é feita antes de tudo
sobre ações... Não acredito muito no que sai da boca,
porque o que sai da boca normalmente são meras palavras que se perdem no infinito,
nestes casos prefiro o silêncio que fica, que prende, que cativa , que envolve...
Posso dizer que sou uma mulher que muito erra, mas sempre querendo acertar,
nunca querendo me render ao óbvio, aos modismos, ao geral, pois assim como voce,
sou única, e como única posso ser exatamente como sou.
Detesto o meio termo, comigo é tudo na base do muito...
Coisas amenas não me tocam
Gosto de tudo que vire minha cabeça...

Autor: Rejane B

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

UM INSTANTE NO TEMPO...

As vezes gosto de uma música sem conhecer sua letra; por sua melodia, pelo que desperta em meus sentidos. E hoje ao acaso escutei uma destas muitas músicas que me tocam e fui procurar a sua tradução e me encantei também por sua letra, então estou postando aqui para compartilhar.



Cada dia que vivo
Eu quero que seja um dia para dar o melhor de mim.
Eu sou única mas não [estou] sozinha,
Meu melhor dia ainda não é conhecido.
Eu quebrei meu coração por cada ganho,
Para provar o doce eu enfrentei o sofrimento.
Eu levanto e caio, mesmo assim, em meio a tudo, isto persiste...
Eu quero Um instante no tempo,
Quando eu for mais do que pensei que poderia ser,
Quando todos os meus sonhos estiverem a uma batida de coração de distância
E as respostas couberem todas a mim...
Conceda-me um instante no tempo,
Quando eu estiver correndo com o destino,
Então, naquele instante do tempo,
Eu sentirei, eu sentirei a eternidade...
Eu tenho vivido para ser a melhor,
Eu quero tudo, não há tempo para menos.
Eu tracei os planos,
Agora tenho a chance aqui nas minhas mãos.
Conceda-me um instante no tempo
Você é um vencedor durante uma vida
Se você aproveitar aquele instante no tempo,
Faça-o brilhar...
Conceda-me
Um instante no tempo...
Eu serei, eu serei livre

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

DEIXAR IR...


Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final...
Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.
Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar pr trás os momentos da vida que já se acabaram.
Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu....
Pode dizer para si mesma que não dará mais um passo enquanto não entender as
razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua
vida, serem subitamente transformadas em pó. Ninguém pode estar ao mesmo tempo
no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que
acontecem conosco.
O que passou não voltará...As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas
realmente possam ir embora...
Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) sair do mesmo lugar, simplesmente mudar. Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo
invisível, do que está acontecendo em nosso coração... e o desfazer-se de
certas coisas significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar.
Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se.
Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes
ganhamos, e às vezes perdemos.
Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que
descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão
emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com
tudo isso: Vc estará apenas se envenenando, e nada mais.
Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela
pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.
Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.
Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba,
mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.
Feche a porta, mude o disco, sacuda a poeira e dê a volta por cima.
Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa Feliz e assegura-te de que sabes bem quem vc é, antes de conhecer alguém e de esperar que essa pessoa reconheça isso..

E lembre-se:

Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão... E tudo que vai....também!

Deconheço autor.
Recebi esta mensagem de uma amiga e adorei.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

TODA NOITE...


A noite me leva ao meu ofício
Isso ja se tornou um vício
Toda noite um exercício
Não importa o sacrifício
Mesmo que seja difícil
Trará muito beneficío.

Relembro o meu passado...
A tudo que eu tenha amado
Ou mesmo menosprezado,
Cada momento vivenciado
Cada fato que me há marcado
Tudo serve como aprendizado.

Deleto algumas coisas da memória
Invento partes da história
E a insatisfação se faz notória.

Me desprendo deste sentimento
Pra afastar o sofrimento
Que não ajudaria no momento.

Preciso me entender
Para muitas coisas compreender
E não mais me deixar perder
Antes que venha o amanhecer
E eu volte a adormecer
Sem conseguir me conhecer.

Passo entao a refletir
E me obrigo a admitir
Que não devo me omitir
Nao vou mais pra mim mentir
Passo entao a me sentir
E por fim a existir.

E como se finalmente
Me colocasse uma lente
Pra que eu me veja inteiramente,
Começo a me analisar
Sem a nada minimizar
E sem me importar com o pesar.

Expresso pra mim, minhas emoções
Reconheço imperfeições
Fica claro certas intenções
Entendo o porque de algumas ações
Penso até em correções...
Aprendo mais umas lições.

Mas aí o amanhecer entra em ação
Não conto mais com a escuridão
E a claridade me prende a razão,
Então coloco os pés no chão,
Me contento com esta pequena evolução
E mais uma vez fecho o meu coração...

Autoria: Aemieni

PERFIL...


...escondido em palavras o meu coração esta.
Dependente do amor continuarei sendo...
...mesmo que para isso eu tenha que aprender a admirar um novo pôr do sol.
Faço da amizade a minha grande fortaleza...

...dos meus sentimentos vou lapidando o diamante que dentro de mim se esconde.
Não quero nada que não seja mágico, nem tão pouco algo que me provoque lágrimas...
...quero que o destino conduza a minha felicidade sem me impor limites,
...da loucura quero coragem , da flor o mais puro perfume e da vida a mais intensa inspiração.

Autor: Luis Carlos Leboutte

PAR PERFEITO...


"Uma mulher que toque a minha alma com os olhos...
que descreva o significado da beleza na simplicidade de um sorriso...
que cante e dance na chuva...
que suspire ao ganhar uma rosa...
que busque conforto no calor de um abraço...
...que saiba expressar o quanto ama no sussurro silencioso de um beijo" !!!!

Autor: Luis Carlos Leboutte
... um amigo recente, que também tem os sentimentos À Flor da Pele.

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

FAZER SENTIDO...



Tudo tem que ser exato pra poder fazer sentido...

Não vejo sentido algum nisso...já que só conheço trechos...
Pra ser exato, tem que ser inteiro...e o que o é?
Sou cheia de metades que tomam lugar de um inteiro nunca preenchido...
e que é notado como um “todo” formado de um monte de pedaços colados que se encaixam no medo do abismo entre as pedras assimétricas do mosaico ligando uma estória em outra...
Sem planalto e depressões, não significa estar livre da circunferência.
De dentro dela, as vontades criam pontas querendo estourar a bolha sem ferir a pele...mas o que não se fere quando algo estoura?
As mãos invisíveis na minha garganta apertam, com força, minhas emoções, que vazam pelos meus olhos, que nada mais são que portas abertas da minha alma lançando a injeção e aplicando pra fora o que nasce do espaço vazio aqui dentro...é a reveladora insensatez produzindo água que morre nos olhos mas nasce na boca...
E, o meu semblante, que representa o formato físico das minhas químicas mentais trabalha para definir o flash do que eu quero e pra quem quero mostrar...ingenuamente acreditando ter o controle pra tanto, ..
Nostalgia e sensibilidade pintam minha imagem com palavras soltas e sem destino, sem formato e com muito fato, sem saber pra quem contar...
Tudo bem, acho que só chorar adianta...vou ser criança ainda sem saber falar...
Também acho que as cores do que escrevo estão opacas, a cola está fraca, o mosaico incompleto e nada mais vou dividir...já que pra mim, o que vale é juntar

Autoria: Eliane

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

MEU SILÊNCIO...



Talvez hoje não entenda meu silêncio,
E minha ausência aparentemente sem motivos
possa causar estranhezas.
Entenda que não foi covardia nem medo de prosseguir.
Os sentimentos guardados em meu peito, somente Deus pode testemunhar.
As lutas para seguir têm sido tão árduas e intensas,
que em momentos tenho perdido a ciência do que sou e do que me fiz.
Projetei em palavras corretas e sorrisos perfeitos o que achei coerente ao que esperavam de mim
E me vi sozinha com meus fantasmas e medos,
agachada no vazio do meu mundo, esperando que alguém me notasse, ascendesse às luzes me tirando dali.
Ofereceram-me velas, de fortes chamas e pouco constantes, que se apagavam a cada sopro de vento vindo sobre mim,
tornando este silêncio ainda maior,
esfriando todo calor existente no meu ser,
e me convidando a sentir o sabor amargo de ainda estar só.

Autoria: Susilene Thomson

LUCIDEZ PERIGOSA...


Estou sentindo uma clareza tão grande
que me anula como pessoa atual e comum:
é uma lucidez vazia, como explicar?
assim como um cálculo matemático perfeito
do qual, no entanto, não se precise.

Estou por assim dizer
vendo claramente o vazio.
E nem entendo aquilo que entendo:
pois estou infinitamente maior que eu mesma,
e não me alcanço.
Além do que:
que faço dessa lucidez?
Sei também que esta minha lucidez
pode-se tornar o inferno humano
- já me aconteceu antes.

Pois sei que
- em termos de nossa diária
e permanente acomodação
resignada à irrealidade
- essa clareza de realidade
é um risco...

Clarice Lispector

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

AMAR CRIA RAIZ.


Amar cria raiz, sim. Cria,independentemente de ser verbalizado.
Basta sentir o amor para que fiquemos dependentes dele, uma dependência boa, daquilo que nos faz sentir vivos.

Não consigo imaginar nada mais satisfatório do que amar, e mesmo não sabendo o que o amor significa, sei o que representa.
É o que nos faz, no meio de uma multidão, destacar alguém que se torna essencial para nosso bem-estar, e o nosso para o dele.
É receber uma atenção exclusiva e oferta-la na mesma medida. Ter uma intimidade milagrosa com a alma de alguém, com o corpo de alguém, e abrir-se para essa mesma pessoa de um jeito que não se conseguiria jamais abrir para si mesmo, porque só o outro é que tem a chave desse cofre.
O amor é uma subversão, e seu vigor nunca será encontrado em amizades ou parentescos.
Todas as palavras já foram usadas para defini-lo: magia, surpresa, visceralidade, entrega, completude, requinte, deslumbre, sorte, conforto, poesia, gozo...
Amar prescinde de entendimento.

Então, gaste seu amor. Usufrua-o até o fim.
Enfrente os bons e os maus momentos, passe por tudo que tiver que passar, não se economize.
Sinta todos os sabores que o amor tem, desde o adocicado do início até o amargo do fim, mas não saia da história na metade.

Amores precisam dar a volta ao redor de si mesmo, fechando o próprio ciclo.
Isso é que libera a gente para ser feliz de novo.

Martha Medeiros